Casa Fanti Ashanti - Tambor de Mina

SOBRE

O Tambor de Mina é a religião afro-brasileira do Maranhão, que se distingue do Candomblé baiano, do Xangô de pernambucano, do Batuque sulino e outras, principalmente pelo culto dos voduns jeje do antigo Dahomé, que apresenta um repertório próprio de cantos, danças, mitologias, instrumentos, adereços, comidas e procedimentos rituais.

Surgido em São Luis no fim do sec XVIII, segundo Pai Euclides, o Tambor de Mina estruturou-se em duas casas matrizes fundadas naquela época: a Casa das Minhas Jeje e a Casa de Nagô, ambas ainda em atividade. A segunda, cujo culto inclui entidades de origem nagô e caboclos de diversas linhagens, forjou o modelo que se firmou nas centenas de terreiros existentes hoje no Maranhão, levado também para outros estados brasileiros.

A Casa Fanti Ashanti, em atividade desde 1954, é um verdadeiro centro de cultura popular maranhense, onde num calendário anual repleto, se realizam com capricho e rigor, uma grande quantidade de manifestações sagradas e profanas como toques de Tambor de Mina, Candomblé, Cura/Pajelança, Baião de Princesas, Samba Angola, Mocambo, Bancada, Encruzo, Tambor de Choro, Almoço dos Cachorros, Tambor de Crioula, Tambor de Crioula de Taboca, Bumba-Boi de baixada, Carimbó de Caixa, Queimação de Palhinha, Festa do Divino, ladainhas, procissões e inúmeros outros rituais internos.

ÁUDIOS

Tambor de Mina – Raiz Nagô
Tambor de Mina – Na Virada Pra Mata

FOTOS

Toques de Tambor de Mina
50 anos de Casa Fanti Ashanti
Mocambo

VÍDEOS

TAMBOR DE MINA
Veja também
Maranhão
Dança do caroço
Maranhão
Tambor de Mina
Ficha Técnica
GrupoCasa Fanti Ashanti - Tambor de Mina